EDUCAÇÃO

Projeto “Bombeiro nas Escolas” será desenvolvido na rede municipal de Poços de Caldas
Objetivo é preparar alunos e professores sobre prevenção contra incêndio e primeiros socorros


(Foto: Prefeitura de Poços de Caldas)

A Rede Municipal de Ensino de Poços de Caldas será contemplada com o projeto "Bombeiro nas Escolas", iniciativa do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais que visa preparar alunos e professores e disseminar conhecimentos sobre prevenção contra incêndio e pânico e noções de primeiros socorros nas escolas.

No município, sete unidades escolares vão receber o programa: E.M. Alvino Hosken de Oliveira, E.M. Mariquinhas Brochado, E.M. Pedro Affonso Junqueira, E.M. Irmão José Gregório, E.M. José Mamud Assan, E.M. Maria Ovídia Junqueira e E.M. Antônio Sérgio Teixeira.

O projeto "Bombeiro nas Escolas" é voltado para crianças de 9 e 10 anos, matriculadas no 4º ano do Ensino Fundamental I. Além de difundir a cultura de prevenção de acidentes e desastres para as crianças em idade escolar, professores e demais funcionários, a iniciativa também visa estimular o intercâmbio entre o público externo e o Corpo de Bombeiros.

"Basicamente, o projeto vai trabalhar noções de primeiro socorros e de evacuação de locais de sinistro para que as crianças saibam se refugiar ou se abrigar de acordo com a ocorrência", destaca o subcomandante da 1°Cia Independente, capitão Tales Roberto da Silva.

Para os alunos, o conteúdo será dividido em três oficinas, com os seguintes temas: prevenção de acidentes; incêndios e evacuação de emergência; e comportamento em casos de incêndio. Nas sete unidades selecionadas, o projeto será desenvolvido ainda neste primeiro semestre e, no segundo semestre, novas escolas serão contempladas.

"O projeto Bombeiro nas Escolas é de grande relevância social porque atua de maneira preventiva, auxiliando a evitar acidentes. Além disso, a presença dos Bombeiros nas escolas é muito importante para aproximar nossos alunos da corporação, que é uma das mais respeitadas no país", enfatiza a secretária municipal de Educação, Maria Helena Braga.

Os militares do Corpo de Bombeiros que serão multiplicadores do projeto nas escolas passam por capacitação específica de forma que cada aluno participante seja capaz de reconhecer placas de sinalização próprias dos sistemas preventivos das edificações, como sair de forma segura de uma edificação em caso de incêndio e, principalmente, como se portar de forma a evitar acidentes.


Fale conosco pelo WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM