CIDADE

Biblioteca Centenário terá lançamento da estante Mulherio das Letras
Tarde de autógrafos e mesa de debates vai marcar a inauguração do espaço


(Foto: Prefeitura de Poços de Caldas)

No dia 9 de setembro, às 16h, a Biblioteca Municipal Centenário, no Espaço Cultural da Urca, receberá integrantes do movimento feminista Mulherio das Letras, fundado em 2017 por escritoras de todo o Brasil. Elas participarão dos lançamentos de suas obras, com direito a mesa de debate e tarde de autógrafos, junto da estante Mulherio das Letras, criada para organizar, catalogar e deixar público parte do acervo de produção do coletivo.

A iniciativa é da escritora Sílvia Schmidt e da bibliotecária Magaly Franco. Em fevereiro do ano passado, a Biblioteca Centenário recebeu em doação aproximadamente 200 exemplares de obras escritas por mulheres. Os títulos ganharam estante específica, em lugar de destaque, de forma a divulgar, valorizar e facilitar o acesso à produção literária feita por mulheres brasileiras contemporâneas, com livros nos gêneros prosa, poesia, crítica, dramaturgia, entre outros, para o público adulto, infantojuvenil e infantil.
A iniciativa integra os objetivos do Mulherio das Letras, movimento literário nacional criado em 2017, voltado para a congregação, integração, revelação e apoio a mulheres ligadas às letras como escritoras, editoras e acadêmicas, que reúne mais de 7 mil mulheres.

Em setembro, as autoras farão seus lançamentos presenciais também por ocasião do Festival Literário Internacional de Poços de Caldas (Flipoços). A organização do evento aguarda a presença de um público voltado para a produção literária realizada por mulheres, multiartistas, editoras e demais interessados.

Confira os lançamentos confirmados para o evento:
- Quando a Lua é Cheia, Editora Pantograf, 2022, Vanessa Ratton;
- Hannah Gaia e seus Encantos, Editora Amare, 2022, Ana Rodrigues;
- O Mistério e Casarão, Editora Amare, 2022, Celina Dias;
- O Sapinho e o Bumbum, Editora Histórias para contar, 2022, Graziela Barduco;
- Sutil leveza que na alma pesou, em verso se libertou, Editora Edições e Publicações, 2022, Graziela Barduco;
- Leila Bella do Arco-da-Velha, Scortecci Editora, 2022, Lionízia Goya;
- Travessia - poemas para afagar o caos, Editora Penalux, 2022, Beatriz Aquino;
- Anne B. A hora mais pacífica. Editora Laranja Original, 2022. Beatriz Aquino;
- Diálogos entre a poesia e a cantoria - para afugentar o tédio, Símbolo Artesanal, 2022. Sílvia Schmidt;
- Mulheres que voam, Scenarium Livros Artesanais, 2022, Rozana Gastaldi Cominal.
- Era Sábado (crônica), Kotter Editorial, 2022, Sandra Modesto.


Fale conosco pelo WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM