SAÚDE

Primeira morte relacionada à varíola dos macacos é confirmada e ocorreu em MG
Paciente de 41 anos morreu na capital mineira tinha outros problemas de saúde


(Foto: Ministério da Saúde)

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira, 29 de julho, a primeira morte relacionada à varíola dos macacos no Brasil. A vítima é um homem de 41 anos que já tratava outras doenças, incluindo um câncer, o que ocasionou o agravamento do seu quadro de saúde.

Conforme o Ministério, o homem, cujo nome não foi divulgado, estava hospitalizado em um hospital público de Belo Horizonte, onde sofreu um choque séptico, agravado pela varíola dos macacos. De acordo com o ministério, "a causa do óbito foi o choque séptico".

Em Minas, existem outros 130 em investigação. Até a tarde de quinta-feira, 28, o Brasil já contabilizava 978 casos confirmados da varíola dos macacos: São Paulo (744), Rio de Janeiro (117), Minas Gerais (44), Paraná (19), Goiás (13), Bahia (5), Ceará (4), Rio Grande do Sul (3), Rio Grande do Norte (2), Espírito Santo (2), Pernambuco (3), Tocantins (1), Mato Grosso (1), Acre (1), Santa Catarina (4) e no Distrito Federal (15).


Fale conosco pelo WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM